segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Maria Fedidas e Aspirador de pó Industrial

Combatendo as Maria Fedidas com o auxílio do Aspirador de pó Industrial



Marias-fedidas podem ser desagradáveis e uma constante ofensa ao seu olfato. Elas podem causar estragos em seu jardim e se tornam um grande incômodo quando entram em sua casa. O uso de inseticidas químicos pode ser acompanhado de consequências indesejáveis, mas, felizmente, marias-fedidas podem ser eliminadas utilizando-se de meios naturais. Aqui vão algumas sugestões de como se livrar de marias-fedidas naturalmente.


  1. Faça um borrifo de alho. Misture duas xícaras (500 ml) de água com quatro colheres de chá (20 ml) de alho em pó em um borrifador. Borrife essa solução nas folhas das plantas, peitoris de janelas e outras áreas com presença frequente de marias-fedidas.
    • Marias-fedidas não gostam do cheiro pungente do alho e normalmente se afastam quando há alho por perto. Isso apenas repele os insetos, não os mata.
    • Você pode também picar vários dentes de alho e espalhar os pedaços ao redor dos esconderijos das marias-fedidas.
  2. 3
    Mantenha as marias-fedidas longe com hortelã. Misture duas xícaras (500 ml) de água com dez gotas de óleo de hortelã num borrifador. Borrife a solução ao redor das entradas e esconderijos.
    • Assim como o alho, hortelã funciona apenas como repelente, não como veneno. O cheiro forte é frequentemente eficaz para manter os insetos afastados, no entanto.
    • No lugar de óleo de hortelã, pode-se usar duas colheres de chá (10 ml) de folhas de hortelã moídas.
  3. 4
    Use erva gateira. Espalhe erva gateira ao redor do jardim e de sua casa, concentrando-se nas áreas que costumas ser infestadas pela marias-fedidas.
    • Erva gateira é outro repelente natural que espanta as marias-fedidas ao invés de matá-las.
    • Erva gateira, por ser uma erva, pode ser plantada em seu jardim ao invés de comprada - se você tiver o tempo e interesse numa defesa a longo prazo contra marias-fedidas.
  4. 5
    Borrife as marias-fedidas com água com sabão.[2] Faça uma mistura de um litro de água quente com 180 ml de detergente neutro. Borrife essa solução diretamente sobre as marias-fedidas ou em áreas onde elas costumam se juntar.
    • O sabão mata as marias-fedidas ao dissolver o exoesqueleto delas e desidratá-las.
    • Sabão bactericida também pode ser utilizado, mas ele contém mais componentes químicos do que os não bactericidas. Detergente neutro é considerado a opção mais segura e natural.
  5. 6
    Use óleo de neem. Misture uma ou duas colheres de chá (de 5 a 10 ml) de óleo de neem numa garrafa borrifadora com um litro de água. Cubra folhas, parapeitos (e outras entradas potenciais) ou esconderijos com essa solução.
    • Talvez você precise fazer a aplicação por uma semana antes de notar alguma diferença. O óleo de neem atrapalha os instintos alimentares e de cópula dos insetos. Como resultado, marias-fedidas adultas expostas a ele irão lentamente morrer de fome e não botarão ovos.

Método 2 de 3: Remoção Física

  1. 1
    Use um aspirador de pó Industrial.[3] Sugue as marias-fedidas usando um aspirador de pó  industrial ou um aspirador de pó industrial  com saco coletor. Retire e jogue fora o saco imediatamente.
    • Após aspirar as marias-fedidas, seu aspirador de pó industrial provavelmente vai acabar com um cheiro asqueroso por várias semanas ou meses. Por esta razão, você não deve usar um aspirador de pó industrial sem saco coletor.
    • Esvazie o conteúdo do saco em um grande saco de lixo e feche bem.
    • Uma alternativa é amarrar uma meia 3/4 ao redor do cano do aspirador de pó industrial . Prenda a meia com um elástico e empurre-a para dentro do cano. Desde que a meia permaneça fixa, as marias-fedidas devem ficar presas a ela ao invés de passarem pelo filtro do aspirador de pó industrial . Você pode retirar a meia, segurando a ponta fechada, e se livrar das marias-fedidas assim.
  2. 2
    Jogue-as para dentro de um recipiente com água com sabão. Encha um balde de quatro litros com um litro de água. Misture uma colher de chá (5 ml) de detergente ou sabonete líquido. Coloque o balde sob uma maria-fedida escalando a parede e dê um peteleco pra que ela caia dentro da solução. Lembre de usar uma luva.
    • O sabão fará com que seja difícil para o inseto se mover, fazendo com que ele acabe se afogando.
    • Entre todos os métodos de eliminação de marias-fedidas, este é provavelmente o método mais próximo de ser inodoro, pois os insetos morrem relativamente rápido.
  3. 3
    Use um mata mosquito elétrico. Instale-o em algum lugar escuro de acordo com as instruções do fabricante. Ligue-o durante a noite e varra ou aspire os insetos mortos pela manhã.
    • Mata mosquitos elétricos atraem marias-fedidas e outros insetos ao fazer com que sejam atraídos na direção de uma luz forte. Quando o inseto se aproxima, ele recebe uma descarga elétrica forte o bastante para matá-lo instantaneamente.
  4. 4
    Espalhe papel pega-mosca junto as entradas. Coloque papel pega-mosca perto dos parapeitos, portas, rachaduras, ventilações e outras portas de entrada para sua casa. Verifique os papéis todos os dias, livrando-se deles assim que ficarem cheios e trocando-os se necessário.
    • Já que não morrerão rapidamente, marias-fedidas presas podem exalar seu odor peculiar depois de estarem presas.
    • Se não tiver papel pega-mosca, você pode usar fita dupla face também.

Método 3 de 3: Fedidas Fora de Casa

  1. 1
    Vede as suas portas e janelas.[4] Vede todas fendas ou aberturas em suas janelas e portas com selante acrílico.
    • Os pontos de entrada mais comuns para marias-fedidas incluem janelas, portas, rodapés e o lustre. Preencher os espaços abertos ou arrumar vedação solta deve diminuir consideravelmente o número de marias-fedidas percorrendo sua casa.
  2. 2
    Instale telas protetoras sobre as janelas de ventilação. Use tela de arame para cobrir a saída de ar de secadoras, janelas de ventilação, chaminés e outras áreas abertas que ligam o exterior ao interior de sua casa.
  3. 3
    Cubra todos os buracos.[5] Buracos maiores de 2.5 cm em diâmetro devem ser cobertos.
    • Adesivos instantâneos e epóxi devem ser o bastante para remendar pequeno buracos em telas. Kits de remendos especiais possuem as ferramentas que você precisa, assim como instruções de como completar esta tarefa.
  4. 4
    Esfregue toalhinhas amaciantes nas telas. Pegue uma toalhinha amaciante comum e esfregue-a contra qualquer janela ou telas de porta diariamente até acabar com o problema das marias-fedidas.
    • Toalhinhas amaciantes com um odor forte podem funcionar melhor do que aquelas sem perfumes ou com aromas suaves. O objetivo é barrar a entrada das marias-fedidas atacando o olfato delas com um odor forte.
    • Estima-se que a população de marias-fedidas é reduzida em até 80% com esse método dentro de uma ou duas semanas.
  5. 5
    Recolha os insetos de uma toalha molhada deixada fora de casa. Pendure uma toalha sobre uma cadeira de jardim ao anoitecer. Na manhã seguinte, um grande número de marias-fedidas do seu quintal devem ter se juntado na toalha.
    • Você pode jogar a toalha sobre a beira de um terraço, um vaso vazio, galho de árvore ou outra superfície em seu quintal. Contudo, é melhor que a toalha fique pendurada de modo vertical ao invés de estendida horizontalmente.
    • Para matar as marias-fedidas, mergulhe rapidamente a toalha com todos os insetos dentro de um grande balde com água e sabão.
  6. 6
    Mate algumas marias-fedidas fora da casa. Esmague algumas marias-fedidas com um par de chinelos velho ou uma pedra.
    • Prepare-se para o fedor. Assim que mortas, marias-fedidas vão soltar um cheiro bem forte.
    • O odor liberado pela morte de uma maria-fedida envia uma mensagem de aviso para as outras na região, falando para se afastarem.
    • Você deve apenas matar marias-fedidas do lado de fora de casa, já que é mais fácil de se arejar do que no interior dela.
  7. 7
    Controle as ervas daninhas.[6] Arranque ou reduza as ervas daninhas em seu jardim.
    • Marias-fedidas tendem a ser atraídas pelas ervas. Diminuir a quantidade de ervas daninhas presentes no seu quintal ou canteiro de flores vai tornar a área menos atrativa para marias-fedidas, e menos irão aparecer. Menos marias-fedidas em seu jardim significa menos dentro de sua casa.
  8. 8
    Atraia os predadores de marias-fedidas. Predadores naturais incluem moscas parasíticas, vespas, pássaros, sapos, aranhas e louva-a-deuses.
    • Cultive flores selvagens e ervas. Estas atraem moscas parasíticas e vespas.
    • Atraia pássaros, sapos, aranhas e louva-a-deuses com ervas e flores perenes.Fonte://wikihow

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Sabe quando a gente ouve frases do tipo: ?Aspirador de pó industrial é tudo igual, é só ligar e passar pelo chão que a casa fica limpa?? Pois é, é o que muita gente pensa. Mas não é bem assim não, viu? A verdade é que pra cada uso há um tipo de bocal diferente para fazer a limpeza corretamente, é preciso observar o tipo de aspirador, a potência, em alguns casos até mesmo um aspirador específico. Vem com a Lu conhecer todas as diferenças no mundo dos aspiradores de pó! Bocais: as ferramentas da agilidade Gente, o bocal é aquela parte que entra em contato com a superfície a ser aspirada. Em função disso, os fabricantes têm desenvolvido soluções bem variadas adaptadas até ao cantinho menos acessível dos cômodos de sua casa. Olha só os modelos que existem: Bocal para cantos e frestas: são ideais para retirar aquela sujeirinha dos rodapés, dos cantos da sala, teias de aranha do teto, normalmente com uma mangueira maior que também vem com o aparelho. Bocal multiuso: como o próprio nome diz, servem para várias tarefas, normalmente as limpezas comuns, ?do dia-a-dia?, limpar o carpete, o tapete, aspirar à sala. Bocal para tecido: menos agressivo que os demais para não estragar as fibras das roupas. Ideal para limpar as roupas que passam muito tempo no armário, retirar mofo e traças. Bocal para pisos: projetado para pisos frios, porcelanato e pisos flutuantes. Também podem ser usados em carpetes e tapetes. Tem proteção especial nas bordas para não causar arranhões no piso. Bocal escova: o melhor para a limpeza de tapetes e carpetes, pois enquanto aspira o pó, retira as linhas e fios de cabelo que se escondem nas fibras do tapete. Adorei! Bocal de estofados: tem pequenas escovas nas bordas, menos resistentes que as para tapetes e mais resistentes que as para tecidos. Elas ajudam na retirada de resíduos das fibras, poeira, cinza de cigarro, cabelos, tudo que se embrenha nas fibras e que sem a escova a sucção não seria suficiente para retirar. Os tipos de aspiradores de pó Você deve estar se perguntando se não é tudo igual! A resposta é não! Aquele que a sua avó usava lá nos anos 70 já passou por muita evolução e hoje, a tecnologia invadiu este território também. Olha só os modelos que temos hoje: Aspirador de pó: o modelo ?original?, com a função mais básica de um aspirador de pó. A evolução da tecnologia fez com que hoje existam muitas facilidades, como enrolador automático de cabo, regulador de potência, filtros especiais e reservatório transparente. Aspirador de pó e água: tem compartimentos e motores especiais que permitem além de aspirar a poeira, também aspire líquidos, ou seja, usado em superfícies úmidas, como um tapete ainda não totalmente seco, o que, aliás, tornará mais rápida a secagem. Aspirador multifuncional: aparelho que além de aspirar pó e água, também lava e seca carpetes, cortinas e estofados. Bom para a limpeza de carros, sofás e cortinas. Este está pronto para tudo! Aspiradores portáteis: práticos, pequenos e leves, ideais para usar no carro, para limpar as frestas de sofás e poltronas ou limpar as migalhas da mesa. Tem potência mais baixa que os demais e funciona a bateria, normalmente de lítio. Aspiradores ultra-silenciosos: como diz o nome, são mais que super silenciosos. Com níveis de ruído que chegam no máximo 73 decibéis, o equivalente a uma conversa normal entre duas pessoas, e mesmo assim, são aparelhos geralmente de alta potência. Recomendado para qualquer lugar, especialmente para casa com bebês, crianças recém-nascidas e idosos, hospitais e escritórios. Aspiradores inteligentes ou aspiradores robô: eles são a revolução no que se refere a aspiradores. São pequenos, redondos e circulam pela casa em movimentos 360°. Funcionam com sensores que capta a presença de acúmulos de sujeira e o aspiram sem precisar de nenhum comando. Também são equipados com sensores que evitam colisões e quedas. Aspiradores antialérgicos: alguns usam sais de prata e nano-íons no processo de absorção do pó, higienizando os ambientes e eliminando até 90% das bactérias. Há os que usam filtros especiais com a tecnologia High Efficiency Particulate Air (HEPA), que retém mais de 99% de ácaros, poeiras e outras partículas. A potência é um fator extremamente importante na escolha do modelo a comprar. O ideal é que a potência seja alta, quanto mais alta melhor os resultados, procure por motores de 1100 a 1600 w. Uma dica para reduzir o consumo de energia e aumentar a vida útil do aparelho, por incrível que pareça, é aspirar diariamente, ou pelo menos 3 vezes por semana, para evitar o acumulo de resíduos e promover uma limpeza mais rápida. Manutenção dos aspiradores Embora alguns modelos ainda tenham sacos de tecido (que precisam ser lavados semanalmente), o mais prático e atual é o filtro de papel. Mas, fique atento: a troca precisa seguir o padrão estabelecido no manual do aparelho, certo? Mas não é só isso: o saco do aspirador não pode ultrapassar a capacidade de ¼ de seu volume total. Um saco cheio de poeira compromete até mesmo o consumo de energia do aparelho e, claro, o seu rendimento. Como medir isso? Olha só uma dica: se você usa o aspirador de pó cerca de três vezes por semana, por exemplo, pode esvaziar o saco toda semana. Se o saco for de tecido, lave-o a cada 45 dias ou quando perceber que há muita poeira agarrada. Você sabia que alguns modelos têm dispositivos que avisam quando é hora de trocar o saco? Se não for seu caso, o período médio ideal para troca por um novo é a cada seis meses. Porém, se você usa bastante seu aspirador, observe sempre o desgaste do saco. Pode ser o caso de trocar antes. Como fazer meu aspirador durar mais? Não utilizar o aparelho para limpar carpetes e pisos úmidos ou para aspirar líquidos (a não ser que ele tenha essa função). Outros itens também são proibidos: substâncias inflamáveis ou explosivas, resíduos incandescentes (brasas de cigarro, por exemplo), objetos cortantes, agulhas, alfinetes e grampos. Se o seu bichinho pegou pulgas, faça o seguinte: todas as vezes que aspirar a casa retire o saco do aspirador, coloque-o dentro de um plástico, feche bem e deixe-o no freezer durante algumas horas. Este procedimento vai exterminar as pulgas. Prático, né? Para deixar os ambientes perfumados, coloque dentro do saco do aspirador um algodão levemente umedecido em sua essência favorita ou perfume. Agora é escolher o aspirador de pó ideal para a sua casa e dar um ?adeus? para a poeira!

Hoje em dia, de 20 a 42% das pessoas que vivem em cidades são alérgicas a alguma coisa. E um dos tipos mais comuns é a alergia respiratória, que muitas vezes começa desde cedo. Espirros, coriza, dificuldade para respirar, agravamento de bronquites e asma são apenas alguns dos sintomas que fazem da vida da criança alérgica e seus pais um verdadeiro inferno.
Veja dicas de como diminuir as alergias das crianças:
- Primeiro, consulte um alergista. Ele vai fazer um teste para saber qual a substância que está causando as reações. Além disso, há chances de que o tratamento seja medicamentoso, com vacinas, remédios por via oral ou soluções para serem usadas nos nebulizadores.
- Como a maior parte das alergias é causada pelos ácaros que vivem na poeira doméstica, a limpeza é fundamental. Use sempre aspiradores de pó e pano úmido para evitar que o pó suba. Não é preciso usar produtos de limpeza específicos, apenas água e sabão quando necessário. Em lojas especializadas você pode encontrar uma solução específica para limpeza de armários que evita o mofo e não tem cheiro.
- Os ambientes em que a criança fica mais tempo não devem ter tapetes, cortinas muito elaboradas e nada que acumule pó ou umidade. Tudo tem que ser removível e lavável. Os bichos de pelúcia não estão totalmente proibidos, mas devem ser aspirados e lavados com frequência.
- O quarto é o ambiente mais importante para o alérgico. Portanto, mesmo que você não consiga manter a limpeza impecável no resto da casa, capriche no quarto.  Uma criança alérgica deve usar o quarto apenas para dormir ? brincadeiras e lição de casa devem ser feitas em outros ambientes. Faça a limpeza e feche-o assim que terminar.
- A roupa de cama deve ser simples, sem babados e dobras que possam acumular pó. Use capas antialérgicas para os travesseiros e colchões, e troque a roupa de cama de uma a duas vezes por semana.
- Nunca fume perto do alérgico. Além de transformar a criança em fumante passivo, a fumaça irrita as vias respiratórias e piora os sintomas. Evite também produtos com cheiros fortes, que também são irritantes para as mucosas.
- Deixe o sol entrar! Ele evita o mofo, tão prejudicial para crianças e adultos alérgicos.
Com estas dicas, a respiração do seu pequeno alérgico vai ficar muito melhor!

Fonte://magazineluiza.com

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

PRINCIPAIS CAUSADORES DAS ALERGIAS E COMO CONTROLAR COM AJUDA DO ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL


DICAS DE COMO CONTROLAR OS PRINCIPAIS CAUSADORES DE ENERGIA COM AUXÍLIO DO ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL



Percentual em 100 pacientes com Alergia Respiratória Crônica e Prick Testes
 Positivos Como se pode verificar por este gráfico obtido como resultado de
 pesquisa em nossa clínica a respeito do que causa alergia nas pessoas,
 o principal causador das alergias em nosso meio são os ácaros ambientais.

Em seguida antígenos de restos de baratas e fungos do ar que constituem os mofo.
 Os ácaros mais comuns são: DERMATOPHAGOIDES PTERONYSSIMUS 83,00% DERMATOPHAGOIDES FARINAE 75,80% BLOMIA TROPICALIS 71,40% Este resultado diz respeito principalmente as alergias respiratórias. As dermatites atópicas, as urticárias e outras têm freqüência diferentes.
No entanto, em qualquer delas a causa alimentar é mínima, ao contrário do que se pensa. Os medicamentos e os químicos já encontram uma freqüência maior. Como os Ácaros são os principais causadores de alergias vale a pena saber que: 1-AMBIENTE PROPÍCIO: temperatura entre 18 e 32 ° C 2-ALIMENTO: restos de alimentos,descamação de pele humana, restos de insetos, fungos. 3-OVIPOSIÇÃO: fêmea durante 30 dias produz 50 ovos 4-FEZES: ácaro produz 30 a 40 bolotas fecais por dia 5-NÚMERO: cama de casal tem cerca de 2.000.000 de ácaros e 60.000.000 de bolotas fecais.Sabe-se que são estas bolotas fecais que ressecam, sobem no ar e entram pela respiração, as principais partículas causadoras das sensibilizações alérgicas. Em decorrência destas informações é fácil compreender que as recomendações seguintes são as principais para se controlar os causadores das alergias:
 RECOMENDAÇÕES AOS INDIVÍDUOS COM ALERGIAS RESPIRATÓRIAS 1. Impermeabilizar travesseiros e colchões. Usar pano impermeável ou plástico. Existem no comércio já prontos e com sistema de zíper. 2. Não participar e não estar presente á hora da limpeza. Se necessitar faze-la, então use máscara apropriada com filtro (marca 3M), sabendo que máscara de pano não funciona. 3.
O quarto de dormir,a sala de estar íntimo ou de T.V. devem ser o mais limpo possível com aspirador de pó industrial, evitando-se objetos que possam reter poeiras ,fungos ,restos de ácaros ou seus dejetos, restos de comidas.
 Deve-se limpar com pano úmido e aplicar acaricidas ou produtos que desnaturam proteínas.
 Os nossos aspiradores de pó industriais   somente funcionariam com filtros apropriados .São aconselháveis os com filtro de água ou filtro tipo HEPA. Sterilair não funciona e os aparelhos de jato de água a 120°C deixam umidade residual que triplica a população de ácaros. O efeito de ar condicionado filtros de ar e os humidificadores é bastante controverso e teriam mais indicação em lares americanos e europeus. 4.
Se o seu teste acusou sensibilidade a pelo de gato ou cão,não deixe viver dentro de casa. 5. Prefira usar cobertores que não soltem fios e procure lavá-los freqüentemente. Expô-los ao sol também é bom. 6. Verifique a presença de mofos e procure exterminá-los. Aplicar ácido fênico a 5% ou água sanitária é bom. 7. Lembre-se de que esportes e vida ao ar livre são muito úteis e que NATAÇÃO para os problemas respiratórios é ótimo. Se não consegue por limitação física então procure andar e exercitar os seus pulmões. Fonte://alergiabr