segunda-feira, 25 de setembro de 2017

LAVAWET: Aspirador de pó industrial com filtro de água que devolve o ar puro e aromatizado

LAVAWET: Aspirador Profissional com filtro de água que devolve o ar puro e aromatizado

 ocê e a sua família sofrem com a poeira lançada de volta ao ar pelo seu aspirador de pó industrial?

Isso se deve aos ácaros e micro partículas que são lançadas ao ar pelo aspirador de pó industrial  comum, pois são pequenas demais e passam pelo filtro.
Filtros comuns são incapazes de reter as partículas mais finas, lançando-as de volta no ar e desencadeando reações alérgicas em pessoas mais sensíveis.
A Lavawet é perfeita para quem tem qualquer tipo alergia causada por poeira suspensa no ar. Com seu inovador filtro de água a Lavawet consegue reter 99,9% das partículas aspiradas devolvendo um ar limpo e saudável.
lavawet
Aspiradores comuns tendem a acumular partículas orgânicas em seus filtros. Isso gera mofo e mau cheiro nos próximos usos, outra causa para ataques de alergias. Com a Lavawet você pode aspirar e aromatizar os ambientes, basta adicionar um aromatizante não espumante no filtro de água.
Dissipador de ar do filtro de água Lavawet
Para ambientes limpos, saudáveis e cheirosos use a Lavawet, o aspirador de pó industrial  e líquidos que devolve o ar limpo e perfumado.
Fonte://sotecobrasil.com

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Aspirador de pó industrial e Pó doméstico do que ele é formado?

Saiba de onde vem o pó que está por toda a sua casa e como o aspirador de pó industrial pode ajudar


Quem quer que tenha cuidado da limpeza da casa por algum tempo certamente já se perguntou de onde vem todo aquele pó varrido quase diariamente do chão de nossas casas. Para a surpresa de muitos, o pó doméstico, dizem os cientistas, vem de nós mesmos. 
Segundo análises feitas com a poeira comum encontrada nas casas e apartamentos, mais de 70% dela é composta por células mortas de pele humana, que, em seu processo natural de descamação e troca, desprende incontáveis células já mortas diariamente. Os outros 30% que compõem a poeira se divide numa miscelânea de curiosos itens, como partículas de cabelos e pelos, terra (que chega às casa por meio das solas de calçados), ácaros e seus excrementos (aquele bichinhos microscópicos, velhos conhecidos de quem sofre de alergia), fibras de tecidos (provenientes de tapetes, carpetes e roupas em geral), pólen, fungos e até chumbo e arsênico, substâncias nocivas trazidas pelo vento.
Para quem sofre de rinite alérgica, que é a inflamação da mucosa nasal ocasionada pela produção de muco, varrer a casa pode ser uma tortura. A prática levanta do solo ondas de pó que se espalham pelo ambiente e chegam diretamente ao nariz até de quem está longe. Por isso, médicos e especialistas recomendam o uso de aspirador de pó industrial para retirar a maior parte da poeira do chão, estofados, tapetes e carpetes, e um pano úmido, que complementa a limpeza sobre os móveis e também no piso. É importante também tentar abolir o uso de cortinas, que concentram grandes quantidades de poeira e são difíceis de limpar. No lugar de cortinas, por que não persianas feitas em material sintético?
Bichos de pelúcia e, nos casos graves, bichos de estimação (infelizmente) não são muito indicados. No caso dos primeiros, o impedimento é devido à poeira que acumulam ? de novo a poeira. No caso dos animaizinhos, muitos soltam pelos em excesso na casa, o que pode causar as crises.
Quanto ao carpete, nem pensar! São um criadouro de ácaros e mofos de todos os tipos, terríveis para os alérgicos. Nem o mais potente aspirador de pó seria capaz de resolver a situação. Evite ainda tapetes muito grandes, que não podem ser retirados para lavagem a seco com frequência. No caso de tapetes pequenos, podem ser utilizados apenas sob a condição de passarem por uma rigorosa limpeza com aspirador de pó industrial  ao menos semanalmente, incluindo banhos de sol para exterminar fungos.
E quanto à lenda de que casas térreas acumulam mais poeira que apartamentos? Bom, essa afirmação não passa mesmo de uma lenda, provavelmente originada da idéia de que a movimentação da rua e das calçadas leva mais pó para uma residência no térreo do que um apartamento no alto.
Nas cidades isso não acontece simplesmente porque o pó está em todos os lugares! Carros, caminhões e mesmo o caminhar das pessoas levantam ondas de poeira que podem atingir mesmo os apartamentos dos mais altos prédios. Além disso, como foi dito no começo do texto, o pó é composto por nós mesmos. Se estamos no trigésimo andar de um edifício, a poeira certamente estará também.
Fonte://magazineluiza.com

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Como limpar paredes e tetos com o aspirador de pó industrial

Dicas de como usar o aspirador de pó industrial na limpeza de paredes e tetos


Para que a faxina da casa fique completa, é preciso lembrar de limpar o teto e as paredes de cada cômodo. Muita gente se esquece de que estes espaços também acumulam poeira, sujeira e até mesmo teias de aranha. Para fazer a limpeza de forma correta e usando os produtos adequados, de acordo com o tipo de revestimento e acabamento do local, siga algumas dicas úteis.

Paredes

A sujeira costuma ficar mais visível nas paredes através de marcas de mãos, arranhões ou por poeira acumulada. E para mantê-las sempre em dia, é preciso usar alguns truques.
Paredes de tijolo podem ser limpas com maior facilidade e requerem pouca atenção. Basta apenas uma esponja macia com um pouco de produto limpador de uso geral ou até mesmo água quente para deixá-las limpa outra vez. Mas atenção: é necessário se certificar antes se a parede é lavável. Faça o teste em uma pequena área para ver se o produto não irá danificar a pintura da parede.
Para dar início à limpeza da parede, retire as teias de aranha, poeira ou qualquer tipo de sujeira acumulada nos cantos usando o aspirador de pó industrial . Com uma esponja macia e um produto limpador de uso geral, lave a parede sempre fazendo movimentos de baixo para cima para evitar manchas de listras na superfície.
Espelhos e quadros instalados na parede devem ser retirados e limpos. Com um pano ou uma escova de cerdas macias, retire o acúmulo de pó tanto na parte da frente como na de trás do objeto. Em seguida, limpe a área da parede.
Para retirar fitas adesivas sem deixar marcas na parede, é preciso usar o ferro quente na hora da remoção. Coloque um pedaço de tecido em cima da fita adesiva que pretende retirar, pressione o ferro por alguns minutos até que cola do verso amoleça e a fita se solte da parede.
Depois de remover o adesivo, tire o que ficou acumulado na parede utilizando limpador abrasivo, mas sem esfregar com muita força para não danificar.

Parede com revestimentos

Decorativo: Os revestimentos autoadesivos geralmente são resistentes a gordura e manchas, pois são confeccionados com material de vinil. Por isso, não é preciso muito esforço na hora da limpeza da parede. Use uma esponja umedecida em um produto de uso geral, aplique sobre toda a superfície e finalize usando um pano seco e macio.
Metal: Assim como as paredes com revestimento autoadesivo, para limpar o revestimento de metal basta usar uma esponja macia por toda a superfície e em seguida passar pano seco e macio, para garantir brilho.
Espelho: Revestimentos de espelhos devem ser limpos da mesma maneira que os espelhos de parede. Basta adicionar um produto limpador específico para vidro em um papel toalha ou até mesmo usar folhas de jornal. Faça movimentos circulares suaves até retirar todas as manchas. Com outra folha de papel, repita o procedimento para garantir a limpeza com sucesso.



  • Madeiramento: O madeiramento, conjunto das portas de madeira, ficam nas bordas das paredes e também necessitam de uma limpeza frequente. Retire a poeira acumulada e sujeiras que se encontram no canto do madeiramento, sempre com ajuda de um aspirador de pó industrial  ou pano seco, em seguida, com um pano limpo faça a limpeza com um produto específico limpador de madeira ou polimento. Nunca use produtos à base de água em madeira natural ou até mesmo pintada, prefira sempre produtos à base de óleo ou cera que são indicados para esse tipo de material.

  • Tetos

    Os tetos pintados são laváveis, por isso não correm o risco de ficar danificados na hora da limpeza, mas para demais tipos com acabamentos e revestimentos diferentes, existem algumas exceções.
    Para fazer a limpeza de teto pintado, é simples. Faça uma mistura de 1/2 copo de vinagre, 1 copo de amônia, 1/4 copo de bicarbonato de sódio e 3,5 litros de água quente em um balde. Em seguida, proteja as mãos com luvas de borracha para evitar alergias e deixe o local sempre bem arejado para não inalar o cheiro forte da solução. Umedeça um esfregão na mistura e aplique no teto sem deixar que pingos escorram pela parede.

    Teto com revestimentos

    Teto com acabamento acústico: O teto com acabamento acústico (que absorve o som) não pode ser limpo com produtos químicos e muito menos misturas a base de água. Para fazer a limpeza deste tipo de teto, basta retirar toda a sujeira com a ajuda do aspirador de pó industrial . Caso o teto esteja muito sujo, é preciso limpá-lo usando o acoplamento de uma escova com cerdas macias no aspirador e fazer movimentos leves para evitar danos.
    Estuque: Os tetos que possuem decoração em estuque não podem ser limpos com soluções líquidas, já que a superfície não é pintada e tem textura profunda. Para manter o revestimento em estuque sempre limpo, a melhor maneira é usar um aspirador de pó industrial com escova, sempre com cuidado para não danificar o local.
    Vinil: Limpe o teto de vinil usando apenas produtos de uso geral e um esfregão ou esponja macia.
    Não laváveis: Os revestimentos do teto não laváveis devem ser limpos com produtos específicos, que podem ser encontrados em lojas de material de construção. Em casos extremos, o ideal é recorrer a uma pintura no local.
    Fonte://dicasdemulher