segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Limpeza de Almofadas com Aspirador de Pó Industrial



Como limpar almofadas de sofá com auxílio do aspirador de pó industrial


 Métodos:Limpando Capas de Almofadas RemovíveisLimpando Capas de Almofadas Não-Removíveis

As almofadas de sofá são muito utilizadas diariamente. Embora a maioria delas seja projetada para suportar o uso e desgaste, elas podem durar ainda mais se forem bem cuidadas. A sujeira e pelos de animais podem acabar com as fibras na maioria dos tecidos de almofadas, por isso é importante mantê-las limpas.

 

Método 1 de 2: Limpando Capas de Almofadas Removíveis

  1. Clean Couch Cushions Step 1.jpg
    1
    Capas de almofadas de couro devem ser removidas e levadas para lavanderias de limpeza a seco.

  2. Clean Couch Cushions Step 2.jpg
    2
    Capas de almofada com tecido de vinil geralmente não precisam ser removidas. Basta passar um pano de limpeza molhado com água morna e um pouco de detergente. Enxágue o sabão do pano e remova todos os resíduos de detergente da almofada. Deixe-a secar ao ar livre ou seque-a com uma toalha limpa.
  3. Clean Couch Cushions Step 3.jpg
    3
    Para a maioria dos tipos de tecido, um aspirador de pó consegue remover a sujeira e os pelos.
    • Grande parte dos aspiradores de pó vem com um ou mais bicos para anexar. Use-os para melhores resultados.
    • Se você não possui um aspirador de pó, abra o zíper da almofada, retire a capa e agite-a com força.
  4. Clean Couch Cushions Step 4.jpg
    4
    Trate previamente áreas muito manchadas ou sujas da capa com um spray de limpeza pré-lavagem, ou passe suavemente uma esponja úmida com detergente neutro.
    • Verifique a solidez da cor primeiro, aplicando água e detergente na parte de dentro da almofada e deixando o produto agir por alguns minutos. Se houver descoloração após a lavagem, não lave à mão ou na máquina. Leve as almofadas para uma lavanderia a seco.
  5. Clean Couch Cushions Step 5.jpg
    5
    Vire as capas de dentro para fora antes de colocá-las na máquina de lavar.
  6. Clean Couch Cushions Step 6.jpg
    6
    Lave em um ciclo delicado com água fria (se não houver instruções do fabricante dentro da capa).
  7. Clean Couch Cushions Step 7.jpg
    7
    Deixe secar ao ar livre. Usar o ar quente de uma secadora pode encolher a capa.
    Anúncio


Método 2 de 2: Limpando Capas de Almofadas Não-Removíveis

Para melhores resultados, alugue um limpador de estofados a vapor. Se você utilizá-lo, deixe as almofadas secarem por mais tempo, pois elas ficarão bem molhadas com esse método.
  1. Clean Couch Cushions Step 8.jpg
    1
    Leve as almofadas para fora e coloque-as em uma mesa ou pano sobre a grama.
  2. Clean Couch Cushions Step 9.jpg
    2
    Use um batedor de tapete ou vassoura para bater nas almofadas com firmeza de ambos os lados. Use uma máscara contra poeira nesta etapa.
  3. Clean Couch Cushions Step 10.jpg
    3
    Verifique a solidez da cor e aplique um removedor de manchas se necessário.
  4. Clean Couch Cushions Step 11.jpg
    4
    Misture uma pequena quantidade de detergente neutro em água fria. Mergulhe uma esponja na mistura e então retire parte da umidade.
  5. Clean Couch Cushions Step 12.jpg
    5
    Com movimentos longos, passe a esponja na almofada de uma ponta até a outra.
  6. Clean Couch Cushions Step 13.jpg
    6
    Continue o procedimento com a esponja.
  7. Clean Couch Cushions Step 14.jpg
    7
    Enxágue a esponja completamente e repita o processo para remover todo o detergente.
  8. Clean Couch Cushions Step 15.jpg
    8
    Use um ventilador para acelerar o processo de secagem.
  9. Clean Couch Cushions Intro.jpg
    9
    Pronto!


    Dicas
    Não tente lavar a espuma ou recheio da almofada em uma máquina de lavar. Passe o aspirador na espuma e deixe-a secar ao sol por algumas horas.
    Trate as almofadas (e todo o sofá) com um protetor de tecido em spray.
  • Aspire completamente o resto do sofá antes de colocar de volta as almofadas limpas.
  • Procure aspirar as almofadas pelo menos uma vez por semana para evitar que a sujeira e pelos fiquem no tecido.
  • Uma opção para manter seu sofá limpo por mais tempo é cobri-lo com algum tipo de cobertor para proteção.
Anúncio

Avisos

  • Tome cuidado com a limpeza a vapor, pois saturar suas almofadas pode causar danos.
  • Evite costuras e fios puxados fechando as capas antes de lavá-las.
  • Siga sempre as instruções do fabricante, especialmente no caso de microfibra e penugens.

Materiais Necessários

  • Aspirador de pó
  • Limpador a vapor (opcional)
  • Esponja
  • Batedor de tapete (opcional)
  • Protetor de tecido em spray (opcional)
Fonte://wikihow


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Como limpar o esgoto com aspirador de pó industrial



Aspirador de pó industrial limpando esgotos


Limpe o esgoto com aspirador de pó industrial  com cuidado. Ele contém vírus, bactérias, dejetos humanos, produtos químicos e outras substâncias contaminantes que são prejudiciais para seres humanos. Os derramamentos de esgoto vêm de fossas sépticas entupidas, ruptura de tubos, inundações e problemas no encanamento. Por causa dos muitos tipos de produtos químicos no esgoto, é importante ser cuidadoso. Ele pode estragar ou manchar superfícies. Se você notar a existência de qualquer substância química nele que represente um risco para o ambiente, contate uma empresa de remoção de resíduos tóxicos.







O que você precisa?

  • Luvas de borracha compridas
  • Botas de borracha
  • Aspirador de água
  • Balde com esfregão

Instruções






  1. 1
    Coloque as luvas e as botas de borracha.
  2. 2
    Conecte o aspirador de pó industrial de  água. Aspire a água e o esgoto.
  3. 3
    Despeje o conteúdo do aspirador de pó industrial de  água em um bueiro ou uma privada. Enxágue o aspirador com o alvejante.
  4. 4
    Despeje 1/4 de xícara de alvejante em um balde de esfregão. Adicione 4 litros de água.
  5. 5
    Mergulhe uma escova de chão na água com alvejante. Coloque a escova na superfície suja e esfregue. Mergulhe a escova na água frequentemente.
  6. 6
    Deixe que a superfície seque naturalmente.
  7. 7
    Despeje a água com alvejante em um bueiro.
  8. 8
    Lave na máquina quaisquer itens que possam ser lavados nela. Lave com água quente, de acordo com o site da Southwest District Health.
  9. 9
    De acordo com o site da Southwest District Health, nos procedimentos de limpeza apropriados para esgotos recomenda-se jogar fora os itens que não forem laváveis.
  10. 10
    Despeje alvejante nas botas de borracha para lavá-las. Jogue as luvas fora. Lave suas mãos com sabão antibacteriano.
  11. Fonte:ehow.com

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Como limpar o teto e paredes com o aspirador de pó Industrial

Limpeza de tetos e paredes com auxílio do aspirador de p´p industrial




Evite o acúmulo de poeira e sujeira fazendo uma limpeza periódica nestes locais para deixar os cômodos como novos
Para que a faxina da casa fique completa, é preciso lembrar de limpar o teto e as paredes de cada cômodo com aspirador de pó industrial . Muita gente se esquece de que estes espaços também acumulam poeira, sujeira e até mesmo teias de aranha. Para fazer a limpeza de forma correta e usando os produtos adequados, de acordo com o tipo de revestimento e acabamento do local, siga algumas dicas úteis.

Paredes

A sujeira costuma ficar mais visível nas paredes através de marcas de mãos, arranhões ou por poeira acumulada. E para mantê-las sempre em dia, é preciso usar alguns truques.
Paredes de tijolo podem ser limpas com maior facilidade e requerem pouca atenção. Basta apenas passar o aspirador de pó industrial e após usar uma uma esponja macia com um pouco de produto limpador de uso geral ou até mesmo água quente para deixá-las limpa outra vez. Mas atenção: é necessário se certificar antes se a parede é lavável. Faça o teste em uma pequena área para ver se o produto não irá danificar a pintura da parede.
Para dar início à limpeza da parede, retire as teias de aranha, poeira ou qualquer tipo de sujeira acumulada nos cantos usando o aspirador de pó. Com uma esponja macia e um produto limpador de uso geral, lave a parede sempre fazendo movimentos de baixo para cima para evitar manchas de listras na superfície.
Espelhos e quadros instalados na parede devem ser retirados e  aspirados com o aspirador de pó industrial   em seguida, limpe a área da parede com o aspirador de pó industrial.
Para retira fitas adesivas sem deixar marcas na parede, é preciso usar o ferro quente na hora da remoção. Coloque um pedaço de tecido em cima da fita adesiva que pretende retirar, pressione o ferro por alguns minutos até que cola do verso amoleça e a fita se solte da parede.
Depois de remover o adesivo, tire o que ficou acumulado na parede utilizando limpador abrasivo, mas sem esfregar com muita força para não danificar.

Parede com revestimentos

Decorativo: Os revestimentos autoadesivos geralmente são resistentes a gordura e manchas, pois são confeccionados com material de vinil. Por isso, não é preciso muito esforço na hora da limpeza da parede. Use uma esponja umedecida em um produto de uso geral, aplique sobre toda a superfície e finalize usando um pano seco e macio.
Metal: Assim como as paredes com revestimento autoadesivo, para limpar o revestimento de metal basta usar uma esponja macia por toda a superfície e em seguida passar pano seco e macio, para garantir brilho.
Espelho: Revestimentos de espelhos devem ser limpos com aspirador de pó industrial, da mesma maneira que os espelhos de parede após basta  adicionar um produto limpador específico para vidro em um papel toalha ou até mesmo usar folhas de jornal. Faça movimentos circulares suaves até retirar todas as manchas. Com outra folha de papel, repita o procedimento para garantir a limpeza com sucesso.

  • Madeiramento: O madeiramento, conjunto das portas de madeira, ficam nas bordas das paredes e também necessitam de uma limpeza frequente. Retire a poeira acumulada e sujeiras que se encontram no canto do madeiramento, sempre com ajuda de um aspirador de pó industrial  ou pano seco, em seguida, com um pano limpo faça a limpeza com um produto específico limpador de madeira ou polimento. Nunca use produtos à base de água em madeira natural ou até mesmo pintada, prefira sempre produtos à base de óleo ou cera que são indicados para esse tipo de material.

  • Tetos

    Os tetos pintados são laváveis, por isso não correm o risco de ficar danificados na hora da limpeza, mas para demais tipos com acabamentos e revestimentos diferentes, existem algumas exceções.
    Para fazer a limpeza de teto pintado, é simples. Faça uma mistura de 1/2 copo de vinagre, 1 copo de amônia, 1/4 copo de bicarbonato de sódio e 3,5 litros de água quente em um balde. Em seguida, proteja as mãos com luvas de borracha para evitar alergias e deixe o local sempre bem arejado para não inalar o cheiro forte da solução. Umedeça um esfregão na mistura e aplique no teto sem deixar que pingos escorram pela parede.

    Teto com revestimentos

    Teto com acabamento acústico: O teto com acabamento acústico (que absorve o som) não pode ser limpo com produtos químicos e muito menos misturas a base de água. Para fazer a limpeza deste tipo de teto, basta retirar toda a sujeira com a ajuda do aspirador de pó. Caso o teto esteja muito sujo, é preciso limpá-lo usando o acoplamento de uma escova com cerdas macias no aspirador de pó industrial  e fazer movimentos leves para evitar danos.
    Estuque: Os tetos que possuem decoração em estuque não podem ser limpos com soluções líquidas, já que a superfície não é pintada e tem textura profunda. Para manter o revestimento em estuque sempre limpo, a melhor maneira é usar um aspirador de pó industrial  com escova, sempre com cuidado para não danificar o local.
    Vinil: Limpe o teto de vinil usando apenas produtos de uso geral e um esfregão ou esponja macia.
    Não laváveis: Os revestimentos do teto não laváveis devem ser limpos com produtos específicos, que podem ser encontrados em lojas de material de construção. Em casos extremos, o ideal é recorrer a uma pintura no local.
    Fonte://dicasdemulher.com

    quinta-feira, 18 de agosto de 2016

    Remédios caseiros e aspirador de pó industrial contra as formigas

    Dicas de como acabar com as formigas com auxílio do aspirador de pó industrial



    Você tem a casa cheia de formigas e não sabe como acabar com elas? Você tem usado diferentes produtos para matar formigas e nenhum funcionou totalmente? Neste artigo de um.Como.com.br damos diferentes remédios caseiros para que você consiga eliminá-las completamente. A seguir, damos uma série de conselhos para matar as formigas.

    Antes de começar a matar as formigas


    Antes de começar a matar as formigas
    Ante de tudo tente descobrir de onde saem as formigas. Tente encontrar o formigueiro que seguramente estará fora de sua casa mas não muito longe. Se não conseguir encontrá-lo, descubra pelo menos o local onde as formigas




  • Aspirador de pó industrial para eliminar as formigas


    Aspirador para eliminar as formigas
    Pegue o aspirador de pó industrial  e passe-o por todo o piso de sua casa. Desta maneira acabará com as formigas que estão nesse momento em casa mas se não conseguiu descobrir de onde saem ou porque motivo saem, no dia seguinte terá mais formigas.




  • Suco de limão para matar as formigas


    Suco de limão para matar as formigas
    Faça suco com vários limões e coloque em um recipiente com spray. Vaporize o suco de limão no piso onde haja formigas. Também pode colocar várias rodelas de limão perto das portas e janelas.
  • Água quente para o formigueiro


    Água quente para o formigueiro
    Se você encontrou o formigueiro, coloque uma panela de água no fogo e quando começar a ferver, derrame-a no formigueiro.
  • Canela e cravo para afugentar as formigas


    Canela e cravo para afugentar as formigas
    Um remédio caseiro para afugentar as formigas de casa é a canela em pó e o cravo. Espalhe canela e cravo nos lugares possíveis que as formigas podem entrar. Isto fará com que se afastem.
  • Bicarbonato de sódio e açúcar


    Bicarbonato de sódio e açúcar
    Faça uma mistura de bicarbonato de sódio e açúcar e espalhe pelos lugares onde as formigas possam entrar (portas e janelas). Esta mistura é muito nociva para elas de modo que aprenderão que não devem se aproximar dela.
  • Fonte://casa.unocomo

    segunda-feira, 15 de agosto de 2016

    Aspirador de pó industrial ajudando no controle de ambiente para pacientes com alergia respiratória


    Aspirador industrial e doenças respiratórias


    As alergias respiratórias, principalmente a asma e a rinite alérgica, são muito comuns na população em geral. O que poucos sabem é que é possível prevenir e controlar as crises respiratórias através de algumas ações simples que você mesmo pode tomar.
    Em primeiro lugar é fundamental consultar um médico para realizar uma avaliação do quadro clínico, dar o diagnóstico, identificar as principais causas que desencadeiam e agravam as crises alérgicas e orientar o tratamento mais adequado para você.
    Além disso, você pode realizar um programa de controle de ambiente, nos locais em que você passa a maior parte do tempo, principalmente a casa e o quarto, para diminuir os alérgenos causadores da alergia. Os principais são: ácaros da poeira, mofo, penas, pelos de animais e pólen. Veja a seguir, algumas dicas de controle de ambiente para combater os principais alérgenos e irritantes

    Ácaros da poeira

    Os ácaros da poeira (Dermatophagoides pteronyssinus, Dermatophagoides farinae e Blomia tropicalis) e seus excrementos são os maiores agentes causadores das alergias respiratórias. São organismos microscópicos que se alimentam da descamação da pele humana. Encontram-se normalmente em colchões, travesseiros, roupas de cama, cobertores, carpetes, tapetes, móveis estofados, cortinas, bichinhos de pelúcia, estantes, livros e poeira doméstica.

    Para eliminá-los recomendamos:

    No quarto
    • Encapar os colchões com materiais impermeáveis, sem aberturas e fechado com zíper. Ácaros não conseguem atravessar essas proteções e, dessa maneira, são mantidos longe da sua fonte de alimentação (descamação da pele humana). Encape todas as camas do quarto.
    • Limpar as capas com pano úmido ou aspirador de pó pelo menos uma vez por semana.
    • Usar travesseiros de poliéster que podem ser lavados com freqüência e cobri-los com capas impermeáveis, semelhantes às dos colchões.
    • Usar edredons, acolchoados leves ou cobertores sintéticos que possam ser lavados com freqüência. Evitar travesseiros de penas, colchas ou cobertores de lã ou felpudos.
    • Lavar as roupas de cama duas vezes por semana em água quente. A água fria ou morna não mata os ácaros.
    • Retirar do quarto bichinhos de pelúcia, livros e revistas, cortinas, almofadas, tapetes ou carpetes.
    Na casa
    • Manter a casa arejada e ventilada.
    • Evitar tapetes ou carpetes. Se tal medida não for possível, usar um aspirador de alta eficiência (com filtro HEPA) que filtra as partículas de sujeira e os ácaros. O uso de aspirador convencional pode ter resultado pouco satisfatório porque seus filtros não retêm os agentes causadores das alergias e permitem que as partículas aspiradas voltem ao ambiente.
    • Limpar a casa diariamente com pano úmido (não varrer ou espanar). Se você tiver alergia e for realizar a limpeza, use máscaras de proteção. Existem no mercado máscaras com filtro HEPA.
    • Evitar residências que permanecem fechadas durante muito tempo assim como bibliotecas, porões, sótãos ou ambientes com grande acúmulo de poeira.
    • Dar preferência a tecidos emborrachados nos móveis estofados.
    • Manter o ar condicionado limpo trocando com frequência o seu filtro.

    Fungo

    É outro grande alérgeno responsável pelas crises e se desenvolve em lugares com alta umidade relativa.O fungo cresce em lugares úmidos, escuros, pouco ventilados (porões, despensas e closets) e em alguns banheiros e cozinhas.

    Por isso, para evitar a sua proliferação:

    • Evite vazamentos ou acúmulos de água. Conserte vazamentos de telhas e mantenha as calhas limpas.
    • Evite áreas pouco ventiladas ou sombrias, jardins mal conservados, plantas dentro de casa e aquários.
    • Lave as roupas que estejam guardadas por muito tempo.
    • Limpe regularmente chuveiros e banheiras, vasos sanitários, armários, cozinhas, banheiros e porões com alvejantes ou desinfetantes.
    • Mantenha uma luz elétrica em armários úmidos para secar o local.
    • Não use vaporizadores ou umidificadores de ar na casa pois eles favorecem a proliferação do mofo.
    • Utilize desumidificadores de ar em ambientes muito úmidos.

    Animais de estimação

    As causas da alergia respiratória relacionadas aos animais de estimação são a caspa (escama da pele) e a saliva do animal. Além disso, o pelo também é um desencadeante, pois acumula poeira, ácaros e mofo que são fortes causadores de alergia.
    Sendo assim evite ter animais de estimação de pelos tais como: cães, gatos e coelhos. Mas se você já tem na sua casa, mantenha-os do lado de fora, sem contato com a pessoa alérgica.

    Irritantes

    Existem ainda substâncias que têm um forte papel irritante que podem piorar uma crise já existente ou contribuir para o aparecimento de uma nova. Veja abaixo as principais substâncias irritantes:
    Cigarro
    Um dos mais perigosos irritantes é a fumaça do cigarro. Muitos estudos sobre os seus efeitos na saúde respiratória em crianças demonstram a relação entre a fumaça secundária (fumaça respirada) e a incidência maior de doenças respiratórias, principalmente durante os dois primeiros anos de vida.Além disso, o contato de crianças asmáticas com essa substância causa um aumento dos sintomas de tosse e falta de ar.
    Em adultos, a fumaça aspirada passivamente tem colaborado para aumentar os problemas respiratórios, incidência de câncer e doenças respiratórias crônicas. Dessa forma, pacientes alérgicos e asmáticos devem evitar completamente a fumaça do cigarro.Ninguém deve fumar dentro de casa e nunca na presença do paciente asmático.
    Odores fortes
    • Evite usar tintas, inseticidas, detergentes, desinfetantes, ceras, produtos de limpeza e produtos químicos.
    • Evite sabonetes, xampus, perfumes, cosméticos e odores fortes. Use produtos neutros, sem perfume.
    • Evite usar incensos.
    • Evite também produtos em spray aerosol, pois expelem partículas que irritam as vias aéreas quando inaladas.
    • Poluição do ar
    • A poluição do ar pode causar um aumento dos problemas respiratórios. Portanto, evite exercícios ao ar livre, perto de áreas com trânsito muito intenso ou com fumaça de indústrias.
    Tempo
    Mudanças bruscas nas condições do tempo, particularmente no frio, podem agravar as doenças respiratórias em muitos pacientes.

    Recomendações

    Esportes
    A prática de esportes é importante e deve ser feita por todos os pacientes alérgicos. Converse com o seu médico.
    Exercícios respiratórios
    A fisioterapia respiratória traz muitos benefícios às pessoas com alergia respiratória. Informe-se com o seu médico.

    Lembre-se

    Para um controle adequado das crises alérgicas é necessário um bom relacionamento com o seu médico.Para tanto, utilize a medicação prescrita conforme a orientação médica e tire todas as suas dúvidas relacionadas ao tratamento. Não use medicamentos por conta própria e comunique seu médico se outros fatores estiverem causando a piora das crises.
    Fonte://alergodermatologia

    sexta-feira, 12 de agosto de 2016

    ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL E BARATAS

    COMO AS BARATAS SABEM PARA ONDE DEVEM FUGIR COM O VENTO DO ASPIRADOR DE PÓ INDUSTRIAL ?

    Já ouviu dizer que quando uma pessoa está chegando perto de uma barata, ela sente a aproximação por causa do ar que o movimento do ser humano produz? Com isso, ela corre a favor do vento, ou seja, para longe da pessoa que, sorrateiramente, está preparando o ataque.
    A premissa intrigou o Dr. Hananel Davidowitz, do Instituto de Pesquisas de Princeton (New Jersey), que estudou o efeito que os fluxos de ar exercem sobre as baratas.
    As baratas possuem micro pelos localizados na parte traseira de seu corpo que detectam movimentos do ar. Estes pelos são conectados à células nervosas que transformam as sensações em informações.
    “Elas vão sempre correr a favor do fluxo de ar”, conclui o estudo. E com isso, outra pergunta vem a tona: e se tentar atacar a barata de cima, com uma pisada? Quem já tentou fazer isso, pode ter tido sucesso após algumas tentativas, mas as baratas também sentem o vento vindo de cima para baixo e, milagrosamente, conseguem escapar de serem amassadas, correndo para um ambiente seguro, ou para se posicionando na região do solado do sapato  que vai atingir o chão com mais atraso (isso porque nós não pisamos no chão com os pés em uma linha reta, primeiro firmamos o calcanhar e depois apoiarmos a parte da frente, onde ficam os dedos. Nem mesmo nossos sapatos têm os solados retos, desta forma a variação de vento vai ser diferente nas diferentes áreas do calçado – a não ser os chinelos que são mais planos (e pode ser este o motivo que faz dos chinelos o principal inimigo doméstico das baratas).
    E será que se tentarmos enganar uma barata usando um aspirador de pó industrial , ela vai correr em direção ao vento e correrá para dentro do aspirador. O questionamento parece bobo, mas tem um sentido em tudo isso. Seria possível enganar as baratas trocando a direção do ar? De acordo com a pesquisa, se o bocal do aspirador de pó industrial estiver voltado para a extremidade traseira da barata, vai parecer que o ar está vindo da direção da cabeça dela. Como já explicamos, a barata vai correr sempre a favor do ar, para “se afastar de possíveis ameaças”. Sendo assim, ela se vira e vai em direção ao aspirador de pó industrial . Se o ar vem da parte traseira, ela correrá para frente, e também tende a entrar no tubo do aparelho.
    Interessante, não é? Então aqui vai outro fato interessante sobre as baratas: elas vão sempre correr e se esconder em um ambiente com pouca iluminação. Ou seja, se tem uma barata no meio do quarto, a noite, e você acende a luz, é bem provável que ela corra para baixo da cama. Durante o dia, elas permanecem escondidas em suas “tocas”, abrigadas em algum ambiente escuro.
    De posse de todas estas informações, os cientistas da Escola Experimental de Agricultura do Alabama queriam saber se as baratas seriam realmente repelidas por correntes de ar mesmo que em ambientes escuros.
    Para o experimento, estes pesquisadores deram às baratas duas escolhas: se esconderem em uma tubulação com bastante luz e sem nenhuma corrente de ar, ou em um cano escuro e com ventilação semelhante ao que seria produzido em uma casa (ou seja, nada forte o suficiente para carregar o inseto). Adivinhe qual foi o resultado? As baratas preferiram estar longe das correntes de ar, mesmo que em ambiente iluminado.
    E agora que chegamos ao final, você deve estar se perguntando: como todas estas informações podem contribuir para acabar com as baratas em casa? Os cientistas do Alabama acreditam que estas descobertas curiosas podem contribuir no posicionamento de iscas utilizadas para controle de baratas e para utilizar o fluxo de ar que já existe em sua casa (que entra por baixo das portas, janelas e frestas, por exemplo), para guiar as baratas para as armadilhas.
    Fonte://dedetizacaoinsetan.com

    quinta-feira, 4 de agosto de 2016

    Higienização e aspirador de Pó Industrial

    Como Higienizar com o auxílio do Aspirador de Pó Industrial


    A higienização do acervo é um dos procedimentos mais significativos existentes no processo de conservação de materiais bibliográficos uma vez que irá retirar do documento/obras os agentes responsáveis pela sua deterioração tais como: poeira, detritos de insecto, entre outros.
    A operação técnica de higienização resume-se basicamente no manter o acervo limpo. Trata-se de uma operação extremamente fácil e simples de realizar e que condiciona o bom estado do acervo. Deverá ser considerada como um hábito de rotina na manutenção tanto de bibliotecas como arquivos, daí ser considerada a conservação preventiva por excelência.
    A sujidade revela-se num agente de deterioração que mais afecta os documentos e, quando conjugada com condições ambientais inadequadas, provoca reacções de destruição de todos os suportes existentes num acervo.
    A poeira é considerada como grande inimiga da conservação dos documentos uma vez que, contém partículas de areia que cortam e arranham; fuligem, mofo e inúmeras impurezas, atraem a humidade e degradam o papel. Desta forma, a poeira depositada dia após dia sobre os livros e documentos, causa sérios danos para a conservação do acervo. O seu acumular na superfície das obras, interfere no seu aspecto estético e constitui-se numa fonte de acidez e degradação. Desta forma, a higienização deve ser executada de forma sistemática, com o objectivo de manter o acervo livre dessa fonte contínua de acidez, deixando-o o mais saudável possível.
    O método mais simples é a remoção do pó e demais sujidades a seco, denominada de higienização mecânica a seco. [Procedimento que consiste na remoção do pó das lombadas e partes externas dos livros com um aspirador de pó, utilizando-se baixa potência e com protecção na sucção. Na limpeza das folhas utilizam-se escovas macias e flanelas de algodão. De forma a realizar uma limpeza eficiente e sem riscos deve ser efectuada com pó de borracha através da sua aplicação em pequenas quantidades sobre as superfícies desejadas mediante movimentos suaves e circulares. Posteriormente, deverá ser removido com um pincel, devendo ser manuseado no sentido de baixo para cima, direccionando todos os resíduos, para que seja realizada a sucção existente na mesa própria de higienização de livros.]
    A higienização corresponde à retirada de poeira e outros resíudos estranhos aos documentos, tais como: prendedores metálicos [clips], etiquetas, fitas adesivas, papéis e cartões ácidos, etc., através de técnicas apropriadas.
    Segundo Cassares (2000), os materiais mais utilizados aquando de um processo de higienização são:
    • Pincéis;
    • Flanelas;
    • Aspirador de pó industrial
    • Bisturi, pinça, espátula, agulha, cotonete;
    • Borrachas de Vinil;
    • Raladores de plástico ou aço inox;
    • Fita-crepe, lápis de borracha;
    • Luvas látex e de algodão;
    • Máscaras;
    • Papel mata-borrão;
    • Pesos;
    • Poliéster;
    • Folhas de papel siliconado;
    • Microscópios;
    • Cola meticelulosa;
    • Lápis HB;
    • Etc.
    Os procedimentos técnicos básicos para a actuação na área de higienização são:
    1. Manter uma política sistemática de limpeza de livros e estantes. A higienização do acervo possibilita identificar qualquer problema de início de contaminação do acervo por microorganismos e insectos, além de evitar o acúmular de pó nos livros e estantes;
    2. Examinar, cuidadosamente, todo o material que for incorporado ao acervo. Deverá ser realiado tanto nos livros adquiridos por doação, compra, permuta como também em móveis, sobretudo em mobiliário de madeira. Este acto de examinar torna-se deveras importante uma vez que evita a contaminação do acervo por livro ou móvel que esteja infectado.
    3. Limpar os livros com trinchas ou pincel nas áreas de cabeça (parte de cima), no pé (parte de baixo) e na lombada (parte lateral). Deve-se segurar o livro pelo ceontro com a lombada voltada para cima, para evitar que, no decorrer do processo de limpeza, o pó penetre pelas folhas. Os livros que forem incorporados ao acervo devem ter prioridade no processo de higienização; devendo ser limpos individualmente, folha a folha, forrando-se a mesa de trabalho com papel de tonalidade clara (braca de preferência= para possibilitar a identificação da sujidade removida) (o ideal seria utilizar uma mesa de higienização com sucção com o aspirador de pó industrial)Fonte://panucarmi2